Análises…

Não, não se trata de um exercício prático da discursividade crítica. Não, não é uma interpretação da realidade escolar que toma por referência um sistema ideológico declarado ou latente.

Hoje, o olhar foi lançado para outra realidade. Incidiu, literalmente, sobre um diagnóstico… clínico. O envelope, como sempre, foi violado logo que me chegou às mãos. Repetiu-se o ritual: vagarosamente, marcador após marcador, o valor de referência é dissecado até à última página e o ritmo respiratório aumenta sempre que há a tomada de consciência de um valor atípico…
Foi aí que me lembrei desta figura fantástica que a Teresa deixou no Aragem

Que mania esta de me mascarar de Pai Natal… E como gostei da experiência, não largarei o fato no Ano Novo… ;o)

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s

%d bloggers like this: