Arquivos mensais: Julho 2008

Pausa mais que merecida ;o)

Fica marcado o reencontro para a 3ª semana de Agosto. :o))

Anúncios

Cuidado! Esta gente sabe como enformar o voto!

Um amigo meu comprou um frigorífico novo e para se livrar do velho, colocou-o em frente do prédio, no passeio, com o aviso:
“Grátis e a funcionar. Se quiser, pode levar”.
O frigorífico ficou três dias no passeio sem receber um olhar dos passantes.
Ele chegou à conclusão que as pessoas não acreditavam na oferta. Parecia bom de mais para ser verdade e mudou o aviso:
“Frigorífico à venda por 50,00 €.
No dia seguinte, tinha sido roubado!
Cuidado! Este tipo de gente vota!
———————————————————————-
Ao visitar uma casa para alugar, o meu irmão perguntou à agente imobiliária para que lado era o Norte, porque não queria que o Sol o acordasse todas as manhãs. A agente perguntou: “O sol nasce no Norte?”
Quando o meu irmão lhe explicou que o sol nasce a Nascente (aliás, daí o nome e que há muito tempo que isso acontece!) ela disse: “Eu não estou actualizada a respeito destes assuntos”.
Ela também vota!
———————————————————————-
Trabalhei uns anos num centro de atendimento a clientes em Ponta Delgada – Açores. Um dia, recebi um telefonema de um sujeito que perguntou em que horário o centro de atendimento estava aberto.
Eu respondi: “O número que o senhor discou está disponível 24 horas por dia, 7 dias por semana.” Ele então perguntou: “Pelo horário de Lisboa ou pelo horário de Ponta Delgada?” Para acabar logo com o assunto, respondi:
“Horário do Brasil.”
Ele vota!
———————————————————————-
Um colega e eu estávamos a almoçar no self-service da empresa, quando ouvimos uma das assistentes administrativas falar a respeito das queimaduras de sol que ela tinha, por ter ido de carro para o litoral. Estava num descapotável, por isso, “não pensou que ficasse queimada, pois o carro estava em movimento.”
Ela também vota!
———————————————————————-
A minha cunhada tem uma ferramenta salva-vidas no carro, para cortar o cinto de segurança, se ela ficar presa nele. Ela guarda a ferramenta no porta-bagagens!
A minha cunhada também vota!
———————————————————————-
Uns amigos e eu fomos comprar cerveja para uma festa e notámos que as grades tinham desconto de 10%. Como era uma festa grande, comprámos 2 grades. O caixa multiplicou 10% por 2 e fez-nos um desconto de 20%.
Ele também vota!
———————————————————————-
Saí com um amigo e vimos uma mulher com uma argola no nariz, ligada a um brinco, por meio de uma corrente. O meu amigo disse:
“Será que a corrente não dá um puxão cada vez que ela vira a cabeça?”
Expliquei-lhe que o nariz e a orelha de uma pessoa permanecem à mesma distância, independentemente da pessoa virar a cabeça ou não.
O meu amigo também vota!
———————————————————————–
Ao chegar de avião, as minhas malas nunca mais apareciam na área de recolha da bagagem. Fui então ao sector da bagagem extraviada e disse à mulher que as minhas malas não tinham aparecido. Ela sorriu e disse-me para não me preocupar, porque ela era uma profissional treinada e eu estava em boas mãos.”Agora diga-me, perguntou ela… o seu avião já chegou?”
Ela também vota!
———————————————————————
À espera de ser atendido numa pizzaria observei um homem a pedir uma pizza para levar. Ele estava sozinho e o empregado perguntou se ele preferia que a pizza fosse cortada em 4 pedaços ou em 6. Ele pensou algum tempo, antes de responder: “Corte em 4 pedaços; acho que não estou com fome suficiente para comer 6 pedaços.”
Isso mesmo, ele também vota!
———————————————————————-

O amigo que me enviou o email dizia que “agora é mais fácil entender porque a maioria chega lá.”Devolvi-lhe o comentário dizendo:
Agora é mais fácil perceber por que motivo a Educação é um espaço de luta política. Ao condicionar o acesso à cultura, mais, ao condicionar o tipo de cultura de massas, os políticos sabem muito bem como perpetuar a velha ordem no poder!

Reforma ;o)

Quando apresentei a minha documentação para a merecida reforma na Segurança Social, a senhora que me atendeu, pediu-me o bilhete de identidade para confirmar a minha idade. Procurei e percebi que me esquecera do documento em casa.
– “Vou buscá-la e já cá volto”.
A mulher disse-me:
– “Desabotoe a camisa.”
Abro a camisa, revelo o meu tórax cheio de cabelos grisalhos e ela comenta:
– “Esses cabelos brancos são prova bastante para mim” – e processa o protocolo da reforma, recebendo a documentação.
Quando chego a casa e conto à minha mulher sobre a experiência na Segurança Social, ela disse-me:
– “Devias ter baixado as calças. Ias conseguir uma reforma por invalidez!”

(obrigado pela laracha, Nelson)

Leitura de férias

Não sendo capaz de se mudar a si próprio, o País parece que foi capaz de um extraordinário feito: mudou o Mundo!

Esta capacidade empreendedora exógena é uma visão de Martin Page que só é passível de ser corroborada em tempo de férias.

O livro já está na bagagem!

Porta entreaberta…

Estou oficialmente de férias apesar de ter meia dúzia de assuntos pendentes, de somenos importância, que podem ser resolvidos por telefone.
Como sempre, acabo com um turbilhão de ideias e de projectos para implementar no próximo ano, na próxima década. A escola será demasiado pequena para tamanha ambição…

Quotas para os acólitos predilectos…

Concordo com este olhar do fjsantos lançado sobre o despacho das quotas.

Adenda: A tutela presume que as escolas são todas más, até que uma avaliação externa prove o contrário, merecendo uma atribuição minimalista de menções qualitativas de “Excelente” e “Muito Bom”, respectivamente, 5% e 20%.
(Culpadas) Más, até prova em contrário!?
Ficou surpreendid@ com esta revelação?

Diarreia normativa