A reformazinha…

Nuno Crato não aprendeu nada com o passado. Corroboro a ideia de que o espírito reformista que o anima emerge da necessidade de mostrar serviço, de deixar uma marca. Mas bastava ter acompanhado os anos de governação de MLRodrigues para compreender que nenhuma reforma na educação será consequente e sustentada no tempo sem envolver os professores, sem mobilizar o país. Com todas as falhas e reversos, a reforma de 86 foi, muito provavelmente, aquela que mais resistiu no tempo, porque foi pensada e concebida com um enorme envolvimento social. Nuno Crato, tal como MLRodrigues, abriga-se na maioria parlamentar para impor a sua reformazinha, que durará apenas o tempo que durar o seu governo. E pelo andar da carruagem, durará muito pouco! A reformazinha de Nuno Crato durará apenas uma legislatura.

A palavra de ordem é resistir: Sobreviver no sistema de ensino sem definhar, sem recaídas e sem perder o discernimento.

Vamos para a rua protestar! Há que mitigar a alma… No dia 12, em Lisboa…

Isto vai lá com reforço da carga horária.

hummm… com mais 4 blocos semanais a Língua Portuguesa e mais 6 blocos a Matemática. E não falta por onde cortar…

A média nacional dos exames de Matemática no 9.ºano foi negativa (44,4%) e a de Língua Portuguesa ficou-se pelos 51,4% em 2010/2011, segundo o relatório publicado esta sexta-feira pelo Gabinete de Avaliação Educacional.

E o mais grave disto tudo é que ainda há quem leve isto a sério!