A panela (d)e pressão

Educação Física não vai contar para a média

A nota da disciplina de Educação Física vai deixar de contar para a média final do ensino secundário e para a entrada na universidade já a partir do próximo ano lectivo, confirmou ao CM o Ministério da Educação e Ciência.

(…) “É uma medida positiva, porque vai libertar os alunos de uma pressão desnecessária”, disse ao CM Albino Almeida, da Confederação Nacional de Associações de Pais (Confap).

Para a CONFAP, o problema é a pressão… da panela. No próximo passo sairão as restantes disciplinas sem controlo externo exames nacionais.

Para o MEC, há dois problemas graves: o sectarismo com que olha para o elenco curricular; e a visão retrograda de aluno e de pessoa.

Anúncios

3 thoughts on “A panela (d)e pressão

  1. Rui Ferreira 14/06/2012 às 23:21 Reply

    Aí está, mais um erro grosseiro.
    Continuamos assim a hipotecar, cada vez mais, as gerações futuras. Andamos mesmo em contraciclo relativamente às boas práticas.
    Do ponto de vista económico é mesmo uma aberração. Bem fizeram os países nórdicos na década de 60, seguidos pelos EUA e Canadá na década de 70, quando verificaram que por cada unidade monetária gasta na educação física correspondia entre 3 a 7 vezes menos os gastos em saúde e segurança social.
    “Ninguém nasce com a consciência da necessidade de fazer atividade física ou de ter uma alimentação saudável”, dizia o filósofo, continuando mais à frente, “é por este facto que se deve, em determinadas idades, obrigar o indivíduo a fazer”, “só assim se faz o hábito”.
    Ao deixar de contar para a média, a disciplina de educação física irá perder muito do seu valor educativo.
    Confesso porém que muitos colegas são co-responsáveis por esta triste notícia.

    • Miguel Pinto 14/06/2012 às 23:48 Reply

      Na discussão intra-muros, Rui, haverá muita pedra para partir. Mas não quero crer que o problema seja esse. Até porque todas as disciplinas têm telhados de vidro nesta matéria e o problema só se coloca à EF. O preconceito e a visão sectária de NCrato é grave e hipoteca decisivamente a sua credibilidade como ministro da educação. Essa é que é a questão central, Rui, digo eu. Abraço.

      • Rui Ferreira 15/06/2012 às 22:44 Reply

        É claro que concordo Miguel.
        Abraço.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: