Como reestruturar as redes de caciques

Assim que um director de uma escola que ainda não foi agrupada terminar o seu mandato, fica impedido de voltar a candidatar-se e de ser reconduzido para um segundo mandato. A escola é tomada de imediato por uma comissão administrativa provisória, nomeada pelo Ministério da Educação. Esta comissão assume a gestão da escola e só dali sairá quando o governo decidir sobre a sua fusão com outros estabelecimentos de ensino ou agrupamentos escolares. A partir de agora e até ao fim do ano lectivo 2012-2013 terá de ser assim. in: http://www.ionline.pt/portugal/directores-impedidos-se-candidatarem-terminar-fusao-escolas

Um governo que usa e abusa da retórica meritocrática não devia enveredar pelo caminho dúbio de nomeações políticas em patamares intermédios da função pública. Se se confirmar que o ME nomeará as comissões administrativas provisórias, das duas uma:

Ou trata-se de um estratagema para premiar os boys cansados de salas de aula?

Ou pretendem purificar as redes dos caciques?

Anúncios

One thought on “Como reestruturar as redes de caciques

  1. AnaCristina 26/02/2012 às 19:15 Reply

    Há tanto Boyzinho cansado das aulitas… e já alguns se prontificam!!
    Ainda hoje ouvi comentários sobre isto na sala de professores… de alguém que comentou “Eu não dava nada por este Crato mas agora…!”

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: