Neotayloristas

Há alguns anos atrás fui inquirido por um inspetor, durante uma ronda de entrevistas num painel de docentes no âmbito da avaliação externa da escola, sobre os pontos fortes do NOSSO projeto educativo.

A pergunta direta exigia uma resposta pronta. É evidente que conhecia o teor do projeto educativo, do regulamento interno, dos planos anual e plurianual de atividades, enfim, usando o linguajar tecnocrata, conhecia todos os instrumentos do exercício da autonomia reclamada ou a reclamar pela minha escola. Mas não tinha uma resposta pronta. Não sabia como sumular essa complexidade. Precisava de referentes e atirei uma pergunta para me situar na resposta:

Qual é o ponto forte do projeto educativo nacional?

Iriam imergir na lei de bases do sistema educativo para encontrar a resposta? Seriam capazes de me elucidar sobre a ideia de escola que lhe subjaz?

Como elaborar projetos educativos locais se não reconhecermos as traves mestras do projeto educativo nacional?

A conversa foi desembocar num baldio, numa terra de ninguém, naquele território onde os documentos oficiais ficcionam a realidade.

Isto vem a propósito da ideia peregrina que emerge das declarações do presidente do Conselho das Escolas que olha para a escola como se fosse uma coutada do diretor.

«O presidente do Conselho das Escolas diz não perceber os receios dos sindicalistas, ao temerem a falta de democracia, perante um modelo que actualmente entrega aos directores o poder de nomear as chefias das estruturas intermédias: “Os sindicalistas têm esta mania que nós só queremos yes boys a trabalhar connosco. É uma ideia profundamente errada, mas também não podemos nomear docentes que estão, por exemplo, contra a visão que temos sobre o projecto educativo da escola ou do agrupamento do qual somos responsáveis.”»

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s