Trezennttooosss miiillll.

Situação foi detectada pelo anterior executivo

Elevado número de atestados médicos de professores são “fenómeno preocupante”, diz Nuno Crato

O ministro da Educação considerou um “fenómeno preocupante” os mais de 70 mil atestados médicos passados a professores, o equivalente a 514 mil dias de baixa, e anunciou que o Governo vai averiguar a existência de “possíveis casos de infracção”.

O ministro Nuno Crato comentava assim, em Constância, a notícia avançada nesta segunda-feira pelo Diário de Notícias (DN), segundo a qual 70031 atestados foram passados entre Outubro de 2010 e Janeiro deste ano num universo de cerca de 300 mil professores, sendo que 413 baixas foram passadas por uma médica que estava de licença prolongada. (…)

Valorizo muito este tipo de notícias. São credíveis porque são acompanhadas de muitos números. E são rigorosas… como as sondagens. Entendi quase tudo. Só não entendi a dimensão do universo: Afinal, somos 300000. Presumo que também contaram os óbitos e os pretendentes. Creio que alguns ainda não terão nascido….

Está bem abelha!