Pergunta retórica

10 horas consecutivas de trabalho, com 30 minutos para almoço, configura trabalho escravo?

Anúncios

5 thoughts on “Pergunta retórica

  1. Moriae 09/09/2011 às 23:54 Reply

    Se forem muiiiito bem pagas, não configuram. De resto, ninguém pode obrigar outro, em termos de função pública, a aceitar ‘isso’. Certo?

  2. Miguel Pinto 10/09/2011 às 00:06 Reply

    Pois, Moriae… Digamos que há aqui um acordo tácito ou uma espécie de complacência com a administração.
    Mas lancemos outro olhar: se recusamos a ideia da proletarização do trabalho docente quando nos tratam como operários da educação, menosprezando o nosso estatuto funcional, como podemos depois reclamar um horário rígido de trabalho?

    • Moriae 10/09/2011 às 00:18 Reply

      Miguel, 10 horas de trabalho consecutivo, com 30 minutos para almoço, são trabalho escravo para os pobres e riqueza para os Amorins, determinados médicos e … alguns outros.

      • Miguel Pinto 10/09/2011 às 02:42 Reply

        ok… estamos de acordo, Moriae. Bom fim-de-semana! 🙂

  3. Moriae 10/09/2011 às 02:44 Reply

    : )

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: