Os imprescindíveis…

O vídeo que se encontra mais em baixo suscita várias leituras. Mas há uma leitura que é, a meu ver, incontornável e que Brecht problematizou no poema "Os que lutam": "Há homens que lutam um dia, e são bons; há homens que lutam por um ano, e são melhores; há homens que lutam por vários anos, e são muito bons; há outros que lutam durante toda a vida, esses são imprescindíveis." 

O depoimento realista e contundente da professora Amanda Gurgel chegou à chamada grande imprensa. Na tarde desta quarta-feira, ganhou página do jornal O Globo online, com a exposição do seguinte vídeo: