Heresias

O transporte público passou a ser o meu transporte preferencial para o emprego. Por comodismo (muitas vezes) ou por má gestão do tempo (a maior parte das vezes), chegou o tempo de utilizar a opção mais racional de transporte, aquela que me proporciona melhor qualidade de vida. Inúmeros episódios do quotidiano podiam ser contados aqui. Podiam ser reveladas conversas cruzadas escutadas entre meia dúzia de estações ou apeadeiros. Não faltarão oportunidades!…

Nos últimos tempos tenho-me entretido num estranho jogo mental, solitário, procurando descortinar nos parceiros de viagem aqueles que seriam capazes de votar, hereticamente, no personagem que conduziu o país à pré-bancarrota. Podia perguntar? Podia! Mas não era a mesma coisa…

E não era a mesma coisa porque sinto náuseas só de pensar que poderia receber palavras vãs!