Houve um tempo, nas escolas, em que o primado era o Pedagógico.

Infelizmente, terei de regressar ao assunto. Mas neste momento só me ocorre apelar: Tenham o mínimo de decência! Rasguem a Lei de Bases do Sistema Educativo, por favor!

Directores das escolas preparam-se para novos modelos de gestão

Começa amanhã um programa promovido pela Microsoft Portugal em parceria com o Ministério da Educação com vista a preparar os directores das escolas do ensino básico e secundário para os novos modelos de gestão das escolas.

[…] O programa desenvolve-se em três etapas. A primeira fase, com início amanhã, na Universidade Lusófona, será constituída por workshops. A segunda etapa está orientada para a realização de um plano de melhoria e desenvolvimento para a escola e a terceira passa pela avaliação da implementação dos planos de melhoria.

[…] A coordenação científica está a cargo de José Canavarro (professor da Universidade de Coimbra e ex-secretário de Estado) e entre os especialistas convidados estão confirmados os nomes do ex-ministro da Educação Roberto Carneiro e dos professores universitários Jorge Adelino Costa (Universidade de Aveiro), Manuel José Damásio (Lusófona) e Natércio Afonso, que coordenou o estudo do Ministério da Educação sobre "Aprendizagem na Educação".

Presença assegurada serão também os responsáveis de empresas (que acompanharão a criação e implementação dos Planos de Melhoria nas Escolas) como a NDrive, Sumol/Compal, Merck, Parpública, BESI, CIP, BluePharma ou de instituições bancárias como o BES ou Montepio.

Anúncios

2 thoughts on “Houve um tempo, nas escolas, em que o primado era o Pedagógico.

  1. Paulo G. Trilho Prudêncio 15/05/2011 às 00:29 Reply

    Bem observado Miguel.

    Abraço.

  2. Graca Sampaio 15/05/2011 às 22:19 Reply

    Ó meu deus! Só interessa ensinar os directores a escreverem papeis e mais papeis para eles chegarem às escolas e exigirem ainda mais papeis aos porfs. E depois, quando vier a avaliação externa apresentam-lhes essas carradas de papeis e têm Muito Bom. Não interessa nada o que os alunos aprendem ou não; não interessa nada saber como tratar com tratar com as pessoas, como resolver conflitos, como equilibrar as contas da escola, etc. etc.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: