Para memória futura…

… e por uma questão de coerência, relembro o que disse aqui: Não há um modelo de avaliação que venha a ser aceite e entendido por todos os professores a não ser que esse modelo encerre uma dimensão exclusivamente formativa. Há que defender uma avaliação de desempenho dissociada da progressão na carreira; há que defender uma avaliação que promova o desenvolvimento profissional e a cooperação inter-pares.

Uma avaliação de desempenho externa ou com forte componente externa, como antecipou o Paulo, servirá para muita coisa, designadamente, a reanimação das Universidades, mas não irá testar a proficiência profissional porque se desenvolverá fora da sala de aula, em contexto de ensino artificial.

Anúncios

2 thoughts on “Para memória futura…

  1. Fernanda 1 29/04/2011 às 23:56 Reply

    De acordo.

  2. fjsantos 01/05/2011 às 12:26 Reply

    Miguel,
    100% de acordo contigo.
    Mas claro que perceber isso implica ler mais do que títulos de jornais ou ouvir programas de rádio e televisão. É preciso estudar e reflectir sobre o assunto.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: