Haja decoro.

Esta entrevista é o paradigma do despudor. Francisco Van Zeller, a pretexto da entrada do FMI em Portugal, defende o incremento dos despedimentos. Nada de surpreendente vindo de quem vem, mas o que incomoda mesmo é a sensação de que o baldio em que os arautos neoliberais transformaram o país está preparado para a canibalização.

A revolta é eminente!

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: