Arquivos diários: 14/04/2011

Haja decoro.

Esta entrevista é o paradigma do despudor. Francisco Van Zeller, a pretexto da entrada do FMI em Portugal, defende o incremento dos despedimentos. Nada de surpreendente vindo de quem vem, mas o que incomoda mesmo é a sensação de que o baldio em que os arautos neoliberais transformaram o país está preparado para a canibalização.

A revolta é eminente!

Anúncios