A escola PlayStation

O primeiro-ministro, José Sócrates, inaugurou, esta sexta-feira, em Murça o que classificou de um exemplo da escola pública (…)
“Estou tão alegre quanto vocês porque eu sonhei com isto há uns anos atrás: sonhei com uma escola com bonitas cores, com moderna arquitectura, sonhei com uma escola com as mais modernas tecnologias, sonhei com numa escola do futuro», partilhou com a assistência.”

Percebem agora o que o primeiro-ministro entende por escola do futuro?

Sócrates fala como um engenheiro. Fala de uma escola de fachada, fala de uma estrutura fixa, fala de um amontoado de tecnologias. Esta é a escola com que sempre sonhou: Uma escola PlayStation.

Percebem agora por que não vale a pena explicar ao primeiro-ministro que as condições em que se a Escola se concretiza, embora mereçam a atenção do Estado, são instrumentais? Gostava que o seu discurso se centrasse nas pessoas, nos alunos, professores e auxiliares. Gostava que o tema central dos discursos fosse a aprendizagem e o ensino.

Atentem como a aprendizagem é arrastada para a sua retórica de circunstância sem se explicar em que medida as aprendizagens serão melhores com edifícios mais… coloridos.

«A isto se chama uma revolução na nossa educação. Porventura há muito quem fale de reestruturação e reforma do Estado pois aqui está uma forma de reformar o Estado: chama-se a isto ter mais eficiência, concentrar os recursos, dar melhor aprendizagem, mas também gastar menos dinheiro», afirmou (José Sócrates).

Não creio que valha a pena esmiuçar o discurso do primeiro-ministro porque se trata de uma mixórdia de lugares-comuns. Mas não consigo deixar de sorrir com a afirmação de que uma forma de reformar o Estado é gastar menos dinheiro.

É que não consigo deixar de pensar na  Parque Escolar quando ouço falar de poupança na Educação Winking smile

3 thoughts on “A escola PlayStation

  1. “As mais modernas tecnologias”… Bem gostava de saber como vão elas na realidade, pois ontem uma amiga e ex-colega dizia-me que a filha (professora) tinha ido toda chateada para uma acção de formação no Algarve sobre o uso dos quadros interactivos – chateada porque não havia nenhum na escola dela nem expectativas de chegar algum.
    Mas vim deixar-te um link para um grupo de discussão aberto hoje por uma colega tua no Interactic 2.0 sobre uso das tecnologias na EF (não precisas de estar inscrito para veres se a tua colega terá respostas). 😉

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s