Testes PISA – vitória do “eduquês”

Nuno Crato é um fervoroso defensor dos testes PISA. Como destaquei aqui, Nuno Crato considera que só através das comparações internacionais, TIMSS e PISA, é possível saber onde fica o norte do eduquês.

Haverá maior ironia que esta? Ver um Matemático enredado nos números à procura de um norte para as suas crenças?

Desengane-se quem pensa que regozijo com as contradições dos especialistas do rigor e do mérito. Nem os testes PISA  permitem estabelecer um nexo causal entre as políticas educativas e os resultados dos alunos, como o fez demagogicamente José Sócrates,  (porque os efeitos das políticas, em educação, devem ser aferidos a médio e a longo prazo); nem os estudos promovidos pela OCDE são neutros.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: