Seria um prazer não cumprir um dever

Acabei agora mesmo uma oficina de formação no âmbito da formação contínua. Estou prestes a cumprir todos os formalismos a que sou obrigado para ter a creditação. Por isso serei creditado. Para a administração cumpri um dever. Para a minha consciência profissional cumpri uma formalidade inócua. A minha faceta pragmática venceu a racional. Paciência!

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: