Pergunta retórica

Há dias em que me atrevo a enveredar por atalhos do economês. É uma espécie de vingançazinha pelo facto de ser confrontado, nos órgãos de comunicação social, com uma panóplia de análises, umas mais e outras menos esotéricas, sobre a coisa escolar.

Ainda pensei que a notícia de hoje, que destaca o recorde histórico do Ouro, merecesse algum comentário dos verdadeiros especialistas no assunto. Pensei mal. É que o meu raciocínio é de uma simplicidade tal que até pode tanger a idiotice. Mas vejamos: tem sido veiculada a ideia de que somos um país de tanga. A dívida pública cresce exponencialmente e a bancarrota é um cenário catastrofista mas cada vez mais glosado pelos analistas consagrados.

Creio que ainda ninguém se desfez das reservas do Ouro, que já foram consideradas em tempos como sendo uma das maiores do mundo.

Pergunto do alto da minha ignorância se o aumento do preço do metal precioso não se reflectirá no aumento da riqueza nacional?

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: