Basta de boas vontades incompetentes.

Como adepto incondicional do Benfica, assisti com tristeza ao desenrolar do jogo desta noite com o Nacional da Madeira. Estou certo de que são momentos como este que definem a grandeza das equipas. E como diria Lipovetsky se fosse treinador de futebol: valem mais acções “interessadas” mas capazes de melhorar o destino dos homens (das equipas), do que boas vontades incompetentes.

Espero que uma luz ilumine a cabeça de Jesus.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: