A catedral

Jorge Bento consideraria uma heresia evocar, especialmente no dia de hoje, algo escrito por si e com este conteúdo simbólico.

“As catedrais são porventura a expressão mais sublime da arte. Seja no plano da forma, seja no plano dos significados que encarnam, elas configuram um nível extraordinário e sublime de transcendência. Não é apenas Deus que vem ao encontro dos homens para ficar e morar no meio deles; nelas os homens congregam sonhos e mitos que lhes dão asas e os transfiguram e elevam a seres quase divinos. Tentando assim localizar o sentido da vida onde só se conhece o vazio da falta dela.”

Anúncios

5 thoughts on “A catedral

  1. Maria Lisboa 09/05/2010 às 20:52 Reply

    Claro que, para ele, seria uma heresia.
    Ao que me parece o Jorge é do Porto…

    Parabéns! 🙂

  2. mariazeca 09/05/2010 às 21:33 Reply

    Como qualquer pessoa de jeito que se preza! 😛 Parabéns. P’ró ano há mais…

    • Miguel Pinto 09/05/2010 às 22:00 Reply

      P’ró ano haverá mais túneis para inaugurar 😉 mariazeca 🙂

  3. mariazeca 10/05/2010 às 10:40 Reply

    🙂

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: