Tempo das certezas incertas ou tempo de certas incertezas?

A blogosfera docente, ou uma parte dela, entrou numa fase interessantíssima: Entrou na fase que eu rotulo das certezas incertas. E porquê?

Porque ziguezagueia entre cenários e vaticínios, procurando antecipar um futuro que é cada vez mais previsível, até certo ponto, sendo certo apenas a incerteza desse ponto. Para dizer, no clímax da decisão, ou no tempo em que é feita a prova dos nove: tal como previra, não é que tivesse grandes dúvidas, acabei por acertar na mouche! Fantástico!