Haja decoro!

Chove dentro do pavilhão? A culpa é do clima, dizem ministra e técnicos da Parque Escolar

[…] O pavilhão em causa foi concebido, segundo os técnicos da empresa pública Parque Escolar (PE), em função das condições climatéricas características do Alentejo. Daí que tem apenas uma cobertura, por causa das temperaturas elevadas habituais na região, não tem paredes para possibilitar uma melhor circulação do ar e consequentemente oferecer temperaturas mais amenas no Verão.

Um pavilhão sem paredes? Não foi este governo que anunciou um Programa de Modernização do Parque Escolar destinado ao Ensino Secundário que nos faria encher de orgulho?

Tenho denunciado neste blogue o grotesco da situação, que devia, que merecia, ser escalpelizada pelos órgãos de comunicação social. É um erro crasso e uma oportunidade perdida permitir que estas obras de requalificação sejam factor de estagnação do nosso desenvolvimento desportivo. Responsáveis?

José Sócrates e o PS que lhe dá guarita!