Fruir o Natal.

Na segunda-feira, a ministra da Educação, Isabel Alçada, anunciou que o 3.º ciclo do ensino básico terá um novo currículo, já a partir do próximo ano lectivo. A carga horária é para manter, logo, a tutela tenciona mexer no número de disciplinas. O objectivo, precisou Alçada, é que os alunos tenham “mais tempo” para trabalhar cada disciplina. Haverá “menos dispersão”, acrescentou. (Público)

Se a ideia é formar sujeitos livres, saudáveis, críticos, ávidos de conhecimento; se a ideia é cuidar dos contextos educativos onde se formam estes sujeitos; a discussão que urge realizar terá de focar-se no cidadão que a Escola deve fabricar.

Comecemos a reconstrução da Escola pelo princípio! Não desperdicemos mais tempo com o acessório, com os meios, com as disciplinas que são sempre instrumentais, que a Escola usa para construir esse cidadão.

Há que fruir da grande mensagem de Natal – a ideia de criação -, para fazer renascer a Escola!

Um Bom Natal, companheir@s de viagem blogosEsférica.