A arte do fingimento ou um artista fingido?

PM quer segunda oportunidade na relação com professores

Eu ainda não ouvi José Sócrates dizer, e espero que os meus leitores me desmintam, que houve um lamentável equívoco e que está na disposição de, em tempo útil, corrigir o programa eleitoral do PS, designadamente, a política educativa que está plasmada nesse documento.

5 thoughts on “A arte do fingimento ou um artista fingido?

  1. Corrige, corrige. Teimoso como os burros! Digo-te com algum conhecimento de causa que, há muita gente no próprio Governo que não lhe perdoa a intransigência, pois estão conscientes que isso lhes custará, pelo menos, a maioria.
    Tenho uma forte esperança de que lhes custe mais que a maioria, mas…

    Gostar

    1. Ana Lee, concordo inteiramente com a necessidade de chumbar Sócrates! Receio é que o que está a acontecer não seja apenas teimosia… Já seria grave se assim fosse mas não é só isso…
      Quanto às pessoas que estão no governo e que não lhe perdoam a intransigência, tenho pena que só se preocupem com isso quando foi, pelo menos a maioria, a ser colocada em causa! Porque não se demitiram, porque não disseram NÃO? É um argumento politicamente muito pouco honroso, recear apenas perder a maioria!

      Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s