Entre a espada e a parede

“Não se percebe como é que é possível, a menos de uma semana de ter havido eleições neste país, ouvirmos este Ministério dizer que os portugueses não iriam compreender por que razão [o Ministério da Educação] iria agora, ao fim de quatro anos, alterar as suas políticas para a educação”, disse aos jornalistas o secretário-geral da FENPROF, Mário Nogueira. in: RTP

Se o ME cede, não se percebem as políticas educativas dos últimos 4 anos.
Se o ME não cede, não se percebem as políticas educativas dos últimos 4 anos.

O melhor é fechar para balanço!