Um portal a pensar nos “votinhos”

Taxa de retenção no ensino básico diminui com a aplicação de planos de recuperação
1 de Junho de 2009

A comparação dos resultados dos alunos com planos de recuperação, nos anos lectivos de 2006/2007 e de 2007/2008, revela que se registou uma evolução muito positiva, a nível nacional, com o aumento das transições em 9 por cento e a diminuição das retenções em 8 por cento.

O ME nunca foi, nem teria de ser, uma entidade neutra sob o ponto de vista ideológico. Confesso que houve um tempo em que eu queria acreditar piamente nas informações e nas estatísticas do portal do ME. E fazia um esforço para acreditar que essa informação tinha como objectivo fundamental auxiliar as escolas e os professores a tomarem “boas” decisões. Era uma informação endógena, pensada principalmente para o uso interno. Hoje, a informação parece cumprir o grande objectivo de mostrar serviço à saciedade, pensando essencialmente nos “votinhos” a creditar por cada medida tomada. Hoje, a informação do ME é uma informação exógena, preparada para o eleitor. E como entrei no domínio da crença, deixei de visitar a capela. 😉