A segunda sala de professores

“Se dúvidas existissem, percebe-se hoje melhor que no Ministério da Educação não se olha a ilegalidades para atingir os fins pretendidos, esperando-se sempre que os professores se conformem e aceitem o que a lei não obriga, mas a administração impõe”, afirma a Federação Nacional dos Professores (Fenprof), em comunicado.

Na sua ânsia controladora, o ME tece uma rede jurídica de malha tão apertada que, não raras vezes, fica embaraçado nos seus equívocos legais.

Se este ME não mudar de rosto, isto é, se a confiança não regressar às escolas, os tribunais vão passar a ser a segunda sala dos professores.

One thought on “A segunda sala de professores

  1. Isto é verdade há muito tempo, admirando-me muito que o sindicato só tenha reparado nisso agora. Ou, pelo menos, que só agora (e a reboque) tenha tomado este assunto a sério e com a veemência que ele merecia desde o princípio.

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s