Uma ficção que tarda em tornar-se realidade.

ssifoHoje sonhei que umas dezenas, talvez centenas, de Conselhos Executivos pediam a suspensão de funções alegando a ausência de condições de “governabilidade” nas escolas.

Nesse sonho, o Conselho de Escolas teria auscultado os seus representados e tomaria uma posição coerente e sensata: aconselharia a tutela a suspender o processo de avaliação de desempenho docente em curso não pactuando, pelo silêncio, com uma ADD virtual.