Um problema de semântica.

Depois de afirmar que «a prioridade do país é de “natureza social”», Manuela Ferreira Leite deveria ser capaz de defender uma ideia de escola pública de qualidade. Desejar uma escola de qualidade é algo que todos os políticos anseiam, no governo ou na oposição.

Ora diga lá excelência, o que entende por qualidade, para ver se nos entendemos?