Chamem a polícia… ;o)

Nasci e cresci no Vale do Ave. Convivi muito de perto com produtos das lógicas fabris. Sei muito bem do que falo quando comparo as hierarquias tayloristas das empresas às hierarquias artificiais impostas às escolas.
Nas escolas, os novos chefes de secção precisam de se defender da exaltação (ébria) de poder.
Quem os ajuda?