Nó cego

Há muito tempo que não via o Jorge Coelho enclausurado na sua argumentação: por um lado defende que o governo não deve atender às reivindicações sindicais por muito legítimas que sejam; por outro lado defende que os sindicatos devem reivindicar porque algumas conquistas sindicais foram obtidas porque os governos acabaram por ouvir os sindicatos.

Foi a quadratura do círculo.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s