Resta o Miguel Sousa Tavares…

Maria Filomena Mónica (MFM) decidiu investigar o percurso académico e político do secretário de Estado da Educação Valter Lemos (VL) porque anda intrigada com a personagem. MFM quis saber o que VL pensa sobre o mundo e acabou por se agarrar a um livro seu “Técnicas de Avaliação da Aprendizagem”, publicado em 1986.

“O que sobressai deste arrazoado é a convicção de que os professores deveriam ser meros autómatos destinados a aplicar regras. Com responsáveis destes à frente do Ministério da Educação, não admira que, em Portugal, a taxa de insucesso escolar seja a mais elevada da Europa. Valter Lemos reúne o pior dos três mundos: o universo dos pedagogos que, provindo das chamadas «ciências exactas», não têm uma ideia do que sejam as humanidades, o mundo totalitário criado pelas Ciências da Educação e a nomenklatura tecnocrática que rodeia o primeiro-ministro.” (MFM, in: Público, 30/09/07)

Porque rio?…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s