Fauna…

Há coisas que nem ao diabo lembra [ou lembrava]…
Não sei se são resquícios de um ano vivido intensamente ou se é um sinal da idade que passa por mim sem me pedir permissão. Sempre que ouço um toque de campainha fico incomodado e com vontade de a fulminar. Infelizmente, a minha escola ainda mantém activo esse velho instrumento de tortura, de auto-punição: a campainha – é um artefacto que não promove a responsabilização do cumprimento de horários… mas isso seria outra conversa…

Hoje acordei sobressaltado. O toque era intermitente. Vivo num local pacato onde predomina o verde e, nestes dias de verão, o som dos pássaros abafa o ruído dos motores. Fui à janela ao encontro do tilintar e… ali estava, bem no cimo da figueira, o novo brinquedo do vizinho das traseiras: um cata-vento estridente…

Esta fauna é de facto admirável!…

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: