Cada tiro, cada melro…

CDS propõe mais exames nacionais.

Exames nacionais no 4º, 6º e 9º anos é que propõe o CDS-PP no projecto de resolução que será discutido amanhã, no plenário da Assembleia da República.

Quando a proposta do CDD-PP O CDS for discutida no plenário da Assembleia da República, serão repetidos alguns chavões para justificar o regresso ao sistema de ensino dos exames nacionais do 4º e 6º anos: é a exigência, a autoridade, a disciplina, o mérito… enfim, é o regresso ao passado.

Diz o líder do CDS que “os jovens têm de ser treinados para a exigência porque é a exigência que eles vão encontrar fora da escolaridade”. O argumento é pobre porque busca fora da escolaridade o quadro de referência para a exigência. E onde é que o jovem encontra essa exigência? Na actividade político-partidária? No mundo dos negóc… de fazer dinheiro? Na nomeação das chefias para a administração pública?…

Se eu mandasse, haveria exames logo no acesso à primeira classe. Os que não passassem ficariam no Jardim-de-infância. Sim, porque ninguém está livre – e ainda, para mais, as famílias numerosas – de lhe calhar na rifa um puto que (como dizem os especialistas especialmente especializados em educação especial) tenha dois ou três anos de atraso.
[…] É lógico que compete às famílias impor critérios de selecção eficientes. Eu explico como se podem evitar situações de embaraço por altura do exame de acesso ao Jardim-de-infância. Quando estiver a chegar o dia de o catraio fazer três anitos, deverá fazer-se um exame de competências linguísticas. Imaginemos que o catraio ainda não fala na perfeição. Não terá direito à festinha dos três anos. Fará dois, pelo que as velas postas no bolinho não devem prestar-se a equívocos. Se chegar aos dois anos e ainda não conseguir andar pelo seu pé, não haverá segundo aniversário. Repetir-se-á o primeiro com velinha no bolo a condizer.

Adenda: O sistema de comentários está com intermitências… hummm… o que estes tipos do HaloScan precisavam era de um bom exame… uufffa… que falta de cultura de exigência…