De bicada em bicada…

“[…] ela… ideias tem muitas! Ela, de facto, vive em experimentalismo constante. Eu nunca sei qual é a ideia seguinte. E esse é o problema desta ministra. Que diabo, ela não pode um dia parar e fazer assim uma espécie de arrumação das ideias, porque lança a ideia do Inglês e depois da Matemática, e afinal é um professor até ao 6º ano e depois amanhã vai lançar outra… O mal do nosso sistema de ensino é o experimentalismo excessivo e ela está nesse experimentalismo casuístico excessivo. Devia parar, para dizer como é que isto se faz e agora quais são as próximas ideias para os próximos anos.

[…] Havendo várias decisões, umas decisões de recuo da ministra, positivas, outras de avanço esta semana, o que se espera dela é um plano global para os próximos tempos. Não tem de ser tudo, mas as escolas precisam de alguma segurança…”

[In: RTP1, Marcelo de Rebelo de Sousa, 28 Janeiro 2007]