Poderes políticos medíocres e míopes…

“[…] o estatuto social e profissional do professor degradou-se extraordinariamente nas últimas duas décadas, constituindo um verdadeiro processo de proletarização da função docente. Podem os poderes políticos medíocres e míopes pensar que assim fazem as sociedades poupanças com a educação, que é um investimento social caro. A verdade é outra: é que as sociedades nada ganham com educação sem qualidade, pois tal não significa senão população sem qualidade.
Urge, pois, revitalizar, ao mesmo tempo que a qualidade profissional dos docentes, o seu estatuto social, profissional e remuneratório.”
Manuel Ferreira Patrício (1997). Visão prospectiva para o professor para os anos 2000 In: Formar professores para a escola cultural no horizonte dos anos 2000. Porto Editora.