Medalhas de cortiça? Ou a cenoura? …

Prémio Pitágoras vai premiar bons professores da disciplina

[…] Porque não premiar aquele professor de Matemática que tem as melhores práticas pedagógicas? Ou o outro que a associação de pais sabe que dá aulas de uma qualidade excepcional? Ou o que os alunos adoram? Ou o que os outros professores reconhecem ser o que obtém os melhores resultados? […]” In: Público (12/11/06)

E se antes de ser anunciado o prémio se explicitasse o que é um bom professor?
Hummm… vou escolher a primeira hipótese: Será que aquele professor de Matemática que tem as melhores práticas pedagógicas e não satisfaz a associação de pais que considera que ele não dá aulas de qualidade, e os alunos detestam, e os outros professores não reconhecem ser o que obtém os melhores resultados [presumo que a notícia se refere aos resultados dos alunos], tem direito ao prémio?